A alegria, mesmo aquela forçada, abre

caminhos para um dinamismo saudável, que

 afasta o desânimo e a depressão.

 

VOCÊ ESTÁ NA PÁGINA:

Experiências compartilhadas

 

O conhecimento espírita explicado de forma simples e

ao alcance de todos: www.mundoespiritual.com.br

 

Terra, nossa

casa cósmica...

 

Quanto conhecimento,

 quanto aprendizado,

quantas experiências!

 

Um grupo espírita de Salvador-BA, depois de dois

 anos realizando encontros, seminários e palestras

focados nas transformações interiores, reuniu

 os participantes (mais de 170 pessoas)

para uma avaliação.

Queriam saber o quanto já tinham conseguido

efetivamente melhorar-se, e ficaram

desgostosos com os resultados.

Diante disso decidiram mudar a metodologia.

Essa é uma experiência que vale a pena todo

espírita conhecer... e copiar...

 

Primeira página

A transição pede mudanças

Uma palavra difícil de dizer

Revendo enfoques

Alteridade

Campanha quinzenal

Dificuldades na casa espírita?

A transição e a mediunidade

AGENDA MÍNIMA para evoluir

Experiências compartilhadas

Como posso ser fraterno

A importância da prece

Exercícios individuais

Exercícios em grupo

Crescimento interior

Viver com ética

Para reflexão

Diversos

Download

Áudio

 

 

 

 

Pela sua importância, convidamo-lo, caro visitante,

 a tomar conhecimento desse trabalho e levar essa idéia

ao centro que freqüenta.

 

 

GRUPO ESPIRITA DEUS, CRISTO E CARIDADE  - GEDCC

DAF – DEPARTAMENTO DE ATENDIMENTO FRATERNO

 

Prosseguindo na busca da condição de seres fraternos para trabalhadores e freqüentadores do GEDCC, o DAF planejou o evento: Como Posso Ser Fraterno IV – SEMANAS DE VIVÊNCIAS.

As OFICINAS realizadas por ocasião do Como Posso Ser Fraterno III nos proporcionaram conhecer os sentimentos que nos tem dificultado o exercício da fraternidade legitima. Percebemos que apenas conhecê-los não é o suficiente para desencadear o processo de transformação que todos almejamos. Acreditamos ser necessário vivenciar as ações propostas na AGENDA MINIMA PARA SER FRATERNO, documento indicado como roteiro seguro para todo aquele interessado em iniciar sua transformação pessoal.

As OFICINAS do Como Posso Ser Fraterno III nos ensinaram como fazer, que recursos utilizar para sermos fraternos uns com os outros. O projeto Como Posso ser Fraterno IV - Semanas de Vivências  tem como objetivo estimular trabalhadores e freqüentadores do GEDCC a vivenciar, a colocar em prática as ações da AGENDA MÍNIMA, tornando realidade a conquista da condição de seres fraternos.

 

SEMANAS DE VIVÊNCIAS – Sentimentos como Perdão, Tolerância, Humildade, Alteridade

estão inseridos nas 21 ações da AGENDA MÍNIMA como os grandes agentes da transformação interior. Participando das SEMANAS DE VIVÊNCIAS, os interessados serão estimulados a vivenciar cada um desses sentimentos.

 

METODOLOGIA – 1. O interessado escolhe apenas uma das quatro Semanas seguintes e se inscreve:

- SEMANA DO PERDÃO ( 3 de maio, 5 de maio, 8 de maio e 9 de maio);

- SEMANA DA TOLERÂNCIA ( 5 de julho, 7 de julho, 10 de julho e 11 de julho);

- SEMANA DA HUMILDADE ( 13 de setembro, 15 de setembro, 18 de setembro e 19 de setembro);

- SEMANA DA ALTERIDADE ( 8 de novembro, 10 de novembro, 13 de novembro e 15 de novembro).

2. No ato da inscrição, o interessado  recebe a programação referente à Semana que escolheu, bem como a programação de todo o evento Como Posso Ser Fraterno IV;

3.  As inscrições serão iniciadas assim que a Equipe Espiritual  autorizar;

4. Para cada  Semana poderão ser inscritas até  40  pessoas;

5.  À proporção que for completando a inscrição de uma determinada Semana, os 40 integrantes dela serão distribuídos da seguinte maneira:

      - Dez(10) integrantes ficarão responsáveis pelas atividades a serem desenvolvidas no  domingo( 08 às 09 horas)  =  Uma hora de atividade;

     -   Dez(10) integrantes ficarão responsáveis pelas atividades a serem desenvolvidas na terça-feira( 19 às 21 horas)  = Duas horas de atividade;

      - Dez(10) integrantes ficarão responsáveis pelas atividades a serem desenvolvidas na sexta-feira( 19 ãs 20 horas) = Uma hora de atividade;

     -  Dez(10) integrantes ficarão responsáveis pelas atividades a serem desenvolvidas no sábado ( 08 às 12 horas) = Quatro horas de atividade.

Obs.: Apenas no domingo (15 de novembro ), os dez(10) integrantes ficarão responsáveis pelas atividades a serem desenvolvidas em um local fora do GEDCC , a ser ainda escolhido. Neste dia ocorrerá o encerramento do Como Posso Ser Fraterno IV.

6. Após a inscrição os integrantes serão informados, em tempo hábil,  à qual  grupo de trabalho pertencem; 

7. Cada grupo de trabalho ( Domingo, Terça , Sexta e  Sábado ) terá um Coordenador responsável, escolhido por sorteio.  Assim sendo, para cada Semana de Vivência haverá escolha de Coordenadores responsáveis.

 

PROPOSTA DE PROGRAMAÇÃO PARA COMO POSSO SER FRATERNO IV – SEMANAS DE VIVÊNCIAS

 

SEMANA DO PERDÃO:

-  03 de maio (DOMINGO) , das 08 ãs 09 horas. Uma dramatização tendo o PERDÃO como tema central. Após a dramatização, discussão com a participação do público presente.

- 05 de maio (terça-feira), das 19 ãs 21 horas. Prece e relax. Apresentação de um MURAL contendo textos, poesias, fotos, mantrans, etc. referentes ao PERDÃO. Uma apresentação musical envolvendo a temática PERDÃO. Relatos de VIVÊNCIAS pessoais sobre o PERDÃO.   

- 08 de maio (sexta-feira), das 19 ãs 20 horas. Prece e relax. Uma pequena exposição sobre Por que perdoar ( tema sugerido).  Relato de um caso significativo sobre Perdão.

- 09 de maio (sábado), das 08  ãs  12 horas. Apresentação de um CORDEL sobre a temática Perdão.  Relatos de VIVÊNCIAS pessoais sobre o PERDÃO. Realização de recreação ( quebra-cabeça, jogos, palavras cruzadas, etc.), envolvendo a temática Perdão. Serão oferecidos lanches, realizados  sorteios.

    

 

Nas demais Semanas: TOLERÂNCIA, HUMILDADE, ALTERIDADE será desenvolvido o mesmo conjunto de atividades da Semana do Perdão -- dramatização, confecção de mural, relato de vivências pessoais,  exposição participada, relato de caso, cordel, recreação, lanches, sorteios, etc. -- nos mesmos horários, nos mesmos dias da semana, mudando apenas a temática.

Observação.: No dia  15 de novembro, domingo(feriado) teríamos a complementação das atividades sobre ALTERIDADE e, também, a finalização do evento,  em local fora do GEDCC.

 

CONSIDERAÇÕES  GERAIS -  

1. Os integrantes de um grupo de trabalho ( por exemplo, Domingo) deverão NECESSARIAMENTE, participar das atividades de, pelo menos, um outro grupo de trabalho ( Terça, Sexta ou Sábado), como colaboradores convidados ou voluntários;

2. O público presente ãs reuniões receberá, ã cada Semana, mensagens alusivas ã temática; também serão distribuídas mensagens aos pacientes do DS, aos clientes da Lanchonete;

3. Nos dias de terça e sexta-feiras será oferecido um café para quem chegar ao GEDCC no horário compreendido entre 18 até às 18:55 horas;

4. Nos domingos ( 03 de maio, 05 de julho, 13 de setembro e 08 de novembro) as atividades do (DS)Departamento de Saúde, da Tesouraria, da Livraria e da Biblioteca, da Lanchonete, do Departamento de  Infância e Juventude(D I J) deverão ser iniciadas ãs 09 horas, para que os trabalhadores desses setores possam assistir às dramatizações encenadas aos domingos;

5. Estamos solicitando ao Irmão João de Matos e sua Equipe que possibilite aos amigos espirituais dos médiuns da mesa mediúnica e das filas mediúnicas que, às sextas –feiras e aos domingos, transmitam mensagens alusivas aos sentimentos trabalhados em cada respectiva Semana de Vivência;

6. Para o desenvolvimento das atividades, os integrantes dos grupos de trabalho ( Domingo, Terça, Sexta e Sábado),  deverão fazer uso dos recursos  disponíveis no GEDCC : biblioteca, data-show, retroprojetor, etc.

7. As crianças e jovens do DIJ (Departamento de Infância e Juventude) deverão ser envolvidas necessariamente, nas atividades desenvolvidas pelos grupos de trabalho. Por exemplo: fixar cartazes, distribuir mensagens, participar de alguma encenação, etc. etc.;

8. O Departamento Doutrinário será consultado sobre as pequenas exposições ãs sextas-feiras;

9. No total, serão 36(trinta e seis horas) de efetiva apresentação das atividades. Todavia, cada equipe de dez(10) integrantes, para executar as atividades do grupo( DOMINGO, TERÇA, SEXTA ou  SÁBADO) sob sua responsabilidade, deverá se  reunir  em outros dias  para preparar a apresentação. Assim sendo, o volume total das horas em atividades de cada equipe, será aumentado.

10.  A equipe que utilizar uma maior quantidade de horas para preparar sua apresentação receberá uma premiação especial, ao final das SEMANAS DE VIVÊNCIAS, ou seja, no dia 15 de novembro.

11. Todas as atividades serão supervisionadas pelo Departamento de Atendimento Fraterno.

Estamos submetendo este Projeto ã apreciação da Equipe Espiritual.

Aceitaremos de bom grado, possíveis alterações.

                                                                      

Joel Almeida  e Joana Dalva

Coordenadores do DAF

almeidajcas@yahoo.com.br

 

OBSERVAÇÃO.:  No dia  08 de março  recebemos a seguinte mensagem da Equipe Espiritual  :      “ De acordo, prosseguir com o Evento “.

Irmãos Nicolau e Oscar Procópio       

  

 

 

GEDCC – GRUPO ESPÍRITA DEUS, CRISTO E CARIDADE

OFICINA DA ALMA

*****************************************************

O evento :    COMO POSSO SER FRATERNO  III   –   2008  -

Segundo Ermance Dufaux , OFICINA faz reparos, consertos, trocas de peças, regulagens, revisões.

Lugar onde se verificam grandes transformações.

Esse é o sentido que melhor se ajusta aos nossos conceitos.

 

12 de Julho, Sábado

das 08 às 12:20h

Cinco duplas de sentimentos X cinco facilitadores

4:20 h

das 12:20h às 14h

Almoço no GEDCC

1:40 h

das 14 às 17h.

Todos se agrupam no Salão principal para trocarem as experiências entre as duplas. Escolha de um Coordenador e  um relator para cada equipe.

3 horas

 

19 de Julho, Sábado

das 08 às 12:20h

Cinco duplas de sentimentos X cinco facilitadores

4:20 h

das 12:20h às 14h

Almoço no GEDCC

1:40 h

das 14 às 17h.

Todos se agrupam no Salão principal para trocarem as experiências entre as duplas. Escolha de um Coordenador e um relator para cada equipe

3 horas

 

20 de Julho, Domingo

das 08 às 10:50h.

Relato de experiências, de vivências, envolvendo os sentimentos que integram as duplas estudadas. Um facilitador coordena a atividade.

4 horas

das 10:50h às 12h.

Exposição da metodologia das oficinas de 23/Ago, 27/Set, 11/Out e 12/Out/2008


23 de Agosto, Sábado

das 08 às 13 h.

Encontro dos integrantes de cada equipe (dupla de sentimentos) para planejar o trabalho a ser apresentado pela equipe, em outubro/08 . Cada equipe terá um Coordenador e um relator, escolhidos pelos próprios integrantes, no dia 12 de julho

5 horas

 

27 de Setembro, Sábado

das 08  às 13 h.

Encontro dos integrantes de cada equipe (dupla de sentimentos) para planejar o trabalho a ser apresentado pela equipe, em outubro/08 . Cada equipe terá um Coordenador e um relator, escolhidos pelos próprios integrantes, no dia 19 de julho

5 horas

 

11 de Outubro, Sábado

das 08 às 12:30h

Apresentação dos trabalhos das cinco equipes (duplas de sentimentos). As equipes serão sorteadas 5 minutos antes da apresentação.

4:30h

das 12:30h às 14:30h

Almoço no GEDCC

2 horas

das 14:30h às 17h.

Encontro de trabalho das cinco equipes (duplas de sentimentos).

2:30h

 

12 de Outubro, Domingo

das 08 às 12 h.

CONCLUSÃO e Apresentação pública de um  documento elaborado pelas equipes de trabalho denominado: AGENDA MÍNIMA PARA SER FRATERNO, que deverá ser adotada  pelos trabalhadores do GEDCC.

4 horas

                                    TOTAL  EFETIVO  DE  HORAS  EM  ATIVIDADE :      45 HORAS            

 

 

NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES:

 

1. Público-alvo: os trabalhadores e freqüentadores do GEDCC.

2. Cada participante deverá se inscrever em uma dupla de sentimentos para a oficina do dia

12 de julho e em outra dupla de sentimentos para a oficina do  dia 19 de julho.

3. No dia 20 de julho, de forma voluntária, espontânea, os participantes enriquecerão as atividades, relatando as ocorrências em que se viram envolvidos, relacionadas com qualquer dos sentimentos das duas duplas escolhidas.

4. As duplas de sentimentos a serem trabalhados nas oficinas são:  Arrogância  e Autoritarismo, Inveja e Ciúme, Intolerância e Impaciência, Medo e Culpa, Mágoa e Melindre.

5. Os facilitadores que atuarão nas oficinas de 12 de julho e 19 de julho NÃO deverão proferir palestras sobre os sentimentos a serem estudados. O público alvo destas oficinas deseja aprender COMO não ser arrogante, autoritário, impaciente, intolerante. COMO não ter mágoa, não se melindrar, não ter medo, inveja, ciúme. COMO se livrar do sentimento de culpa. Apenas querer não é o suficiente! Quais exercícios diários, quais vivências utilizar para conseguir essas coisas? É necessário recitar mantras, fazer penitências? Enfim, COMO libertar nossas almas destes  sentimentos que embotam nossa capacidade de ser  fraterno ?

 

 12 de Julho, Sábado

TEMÁTICA  E

 FACILITADOR

Intolerância e Impaciência: EDILTON COSTA  dito_costa_silva@yahoo.com.br

Mágoa e Melindre: CELIA VILELA  celiacovilela@yahoo.com.br

Medo e Culpa: JOSETE MORENO   josetemoreno@isba.com.br

Inveja e Ciúme: ROBERTO DANTAS  ub66@ig.com.br

Autoritarismo e Arrogância: CREUZA LAGES  creulage@terra.com.br

 

 19 de Julho, Sábado

TEMÁTICA  E

 FACILITADOR

Intolerância e Impaciência: EDNÓLIA PEIXINHO  edinoliapeixinho@hotmail.com

Mágoa e Melindre: NEY WENDEL  neywendel@uol.com.br

Medo e Culpa: RITA DE CÁSSIA  ritavinhático@yahoo.com.br

 Inveja e Ciúme: SILVANA BARTILLOTI  sylbartilotti@hotmail.com

Autoritarismo e Arrogância: JOÃO GOUVEIA  jfbgouveia@yahoo.com.br

 

 

DAF - Departamento de Auxilio Fraterno

Joel Almeida/Joana Dalva

 

 

COMO POSSO SER FRATERNO III – 2008

 

PASSO A PASSO

01) Dia 12 de julho (Sábado):

 Às 8 horas ................................Prece. Esclarecimentos sobre as atividades do dia.

 Às 8: 30 ....................................Cada facilitador, com seu grupo de 35 componentes, se dirige para uma das salas.

Às 10:15 .....................................Lanche

Às 10:35.....................................Retorno às atividades

Às 12 : 30 ..................................Almoço

Às 14 :00 ...................................As cinco equipes se reúnem no Salão Principal e compartilham as experiências.

Cada equipe terá um relator como porta-voz das tarefas realizadas.

Às 16:50 / 17:00 .......................Avisos Gerais e Prece de encerramento.       

02) Dia 19 de julho (Sábado) :

Às 8 horas ................................Prece. Esclarecimentos sobre as atividades do dia.

Às 8 :30 ....................................Cada facilitador, com seu grupo de 35 componentes, se dirige para uma das salas .

Às 10:15 ....................................Lanche

Às 10:35....................................Retorno às atividades

Às 12 : 30 .................................Almoço

Às 14 :00 ..................................As cinco equipes se reúnem no Salão Principal e compartilham as experiências.

Cada equipe terá um relator como porta-voz das tarefas realizadas.

Às 16:50 / 17:00 ......................Avisos Gerais e Prece de encerramento.    

03) Dia 20 de julho ( Domingo) :

Às 8 horas ................................Prece. Esclarecimentos sobre as atividades do dia.

Às 8:10 .....................................Relax

Às 8:30 .....................................De forma espontânea, componentes farão relatos de experiências, de vivências,

envolvendo os sentimentos que integram as duplas estudadas. Para cada dupla de sentimentos será destinado

o tempo de 25 minutos para os relatos.

Às 10:30....................................Lanche

Às 10:50 ...................................Exposição da Metodologia a ser desenvolvida nas atividades dos dias 23 de agosto,

27 de setembro , 11 de outubro e 12 de outubro.

Às 11:55....................................Prece de encerramento

04) Dia 23 de agosto  (Sábado) – ENCONTRO DAS EQUIPES DAS OFICINAS DO DIA 12 DE JULHO

Às 8 horas................................Prece. Esclarecimentos sobre a dinâmica das atividades do dia.

Às 8:15.................................... Relax

Às 8:30 ....................................O Coordenador, o relator e os demais componentes de cada Equipe ou seja ,

 de cada dupla de sentimentos, se dirigem a uma das salas de trabalho.    

METODOLOGIA:

1. A Equipe de trabalho (dupla de sentimentos) deverá caracterizar cada sentimento da dupla escolhida

para estudo: O que é o sentimento? Como se apresenta?

2. Quais as ações que esses sentimentos produzem na estrutura física, psíquica, emocional, espiritual do ser?

 Quais as suas respectivas conseqüências?

3. Como se libertar desses sentimentos negativos?

4. Quais as fontes bibliográficas utilizadas?

Observação: Ao término das atividades ( 12:40 ) não deverá existir pendências.

Às 10:20....................................Lanche

Às 10:40 ...................................Retorno às atividades

Às 12:40 ...................................Reunião das Equipes no Salão principal. Avisos Gerais

Às 12:55 ...................................Prece de encerramento.

05) Dia 27 de setembro  (Sábado) – ENCONTRO DAS EQUIPES DAS OFICINAS DO DIA 19 DE JULHO

Às 8 horas................................Prece. Esclarecimentos sobre a dinâmica das atividades do dia.

Às 8:15 ....................................Relax

Às 8:30 ....................................O Coordenador, o relator e os demais componentes de cada Equipe ou seja,

 de cada dupla de sentimentos, se dirigem  a uma das salas de trabalho.

METODOLOGIA:

1. A Equipe de trabalho (dupla de sentimentos) deverá caracterizar cada sentimento da dupla escolhida

para estudo: O que é o sentimento? Como se apresenta?

2. Quais as ações que esses sentimentos produzem na estrutura física, psíquica, emocional, espiritual do ser? 

Quais as suas respectivas conseqüências?

3. Como se libertar desses sentimentos negativos?

4. Quais as fontes bibliográficas utilizadas?

Observação: Ao término das atividades ( 12:40 ) não deverá existir pendências.

Às 10:20...................................Lanche

Às 10:40 ..................................Retorno às atividades

Às 12:40 ..................................Reunião das equipes no Salão principal. Neste momento, todo o material pesquisado

na manhã deste dia será entregue aos respectivos Coordenadores das Equipes do dia 12 de julho.  Serão essas

Equipes do dia 12 de julho, com os seus respectivos Coordenadores e componentes, que constituirão as

 cinco (05) EQUIPES FINAIS DE TRABALHO  ( E F T ) para o dia 11 de outubro.

06) Dia 11 de outubro  (Sábado):

Às 8 horas......................................Prece.  Esclarecimentos sobre a  dinâmica das atividades.

Às 8:10 ...........................................Relax

Às 8:20 ...........................................Sorteio da apresentação das Equipes Finais de Trabalho( E F T ).

Das 8:25 às 9:05 ............................Equipe X

Das 9:10 às 9:50 ............................Equipe X’

Às 9:50 ...........................................Lanche

Das 10:20 às 11:00 ........................Equipe X’’

Das 11:05 às 11:45 ........................Equipe X’’’

Das 11:50 às 12:30.........................Equipe X’’’’

Às 12 : 30 .......................................Almoço

Às 14 : 30 .......................................Encontro das cinco EQUIPES FINAIS DE TRABALHO.

Reunidas no Salão Principal, iniciarão a elaboração do documento: AGENDA MÍNIMA PARA SER FRATERNO,

que deverá estar concluído, impreterivelmente, até às 09 horas do dia 12/10.

A AGENDA proposta deverá desenvolver os seguintes tópicos:

1. Introdução – Caracterizar o que significa FRATERNIDADE. Dizer da dificuldade em se

conquistar a condição de seres fraternos.

2.  Informar os danos causados ao SER, pelos sentimentos negativos que estão sendo estudados.

3. Esclarecer por que os sentimentos  das duplas estudadas  dificultam a adoção da  Atitude Fraterna.

4. Como fazer para se libertar de cada um desses sentimentos.

Às 16:55 ..........................................Prece de encerramento.

07) Dia 12 de outubro (Domingo):

Às 8 horas ......................................Prece .

Às 8:10............................................Relax

Das 8:20  às 9:00 ..........................Conclusão da AGENDA MÍNIMA PARA SER FRATERNO.

Às 9:00 ...........................................Inicio da apresentação da AGENDA.

Às 10:30 .........................................Lanche

Das 10:50 às 11:45.........................Conclusão da apresentação da AGENDA.

Das 11:45  às 12:00........................Avisos Gerais e Prece de encerramento

 

 

AOS COMPANHEIROS DE IDEAL.

 

- A partir da inscrição para a Oficina da Alma / Oficina de Sentimentos  uma mobilização interior teve inicio.

O participante, ao escolher, voluntariamente, a dupla de sentimentos ( veja NORMATIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ), 

confessava a si mesmo e ao Universo quais os sentimentos que estavam dificultando a sua capacidade em

se tornar  uma pessoa fraterna.  

Participar, então, da Oficina da Alma  significava uma tomada de decisão:  libertar-se  desses sentimentos.

- Uma verdadeira maratona de vigilância foi desencadeada em cada participante da Oficina. Policiar os gestos,

 as palavras,  os pensamentos. Não se permitir no dia-a-dia, nenhuma postura que retratasse os sentimentos

 inferiores trabalhados na  Oficina.

- Nos dias em que se realizava as Oficinas, laboratórios de paciência, de solidariedade, de alteridade foram 

disponibilizados para os 172  participantes:

·                        paciência aguardando na fila sua vez de ser atendido;

·                        paciência  ante a  morosidade daqueles mais idosos em se locomover, em realizar as tarefas ;

·                        alteridade ao longo das discussões em grupo, quando algumas idéias , alguns pontos de vista eram discordantes ;

·                        solidariedade ao contribuir com o almoço, com o lanche que foram distribuídos entre todos;

·                        solidariedade ao repartir o pudim, a salada, em porções que atendessem a todos. 

- Os exercícios práticos se constituíram em objeto de maior atenção entre os participantes das oficinas:  o sorriso

sincero, o aperto de mãos, o afago, as pequenas gentilezas, a alegria fraternal. Todos se esforçavam neste aprendizado.

- O material bibliográfico pesquisado foi socializado entre os participantes dos diversos grupos de trabalho.

- Instantes de abençoada emoção e aprendizado foram vivenciados por todos, quando se fizeram ouvir  relatos pessoais

de integrantes das oficinas, testemunhando, publicamente,  experiências relacionadas aos sentimentos que faziam parte da  

  dupla em estudo.

-  O grande final desta maratona ( desde  julho a outubro ) será a construção de um Painel (1.40 X 90 ) onde estará

 inscrito , etapa por etapa, todos os passos para uma pessoa se tornar um ser FRATERNO. No painel constarão as

assinaturas dos 172 participantes das Oficinas da Alma /Oficinas de Sentimentos.

Nós, do Departamento de Auxilio  Fraterno , do Grupo Espírita Deus, Cristo e Caridade, estamos à disposição de

algum companheiro do ideal espírita, do ideal cristão, para prestar mais informações sobre esta nossa experiência .

 

DAF - Departamento de Auxilio Fraterno

Joel Almeida/Joana Dalva

Rua dos Tupis, 74 – Matatu – Brotas – Salvador/Bahia

Telefones.: (71) 3381-7273 , 3431-9284

 www.gedcc.com 

 

Voltar ao topo da página